Voltar

NOTA DO SINDICATO DOS PERITOS OFICIAIS DO AMAZONAS (SIMPOEAM)

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Funcionário do IML descartando macacão no igarapé não é Perito.

Diante da repercussão do vídeo que mostra um funcionário do Instituto Médico Legal (IML) descartando um macacão de proteção descartável para um uso em local de crime em um igarapé no bairro da Redenção, o Sindicato dos Peritos Oficiais do Amazonas (SINPOEAM) quer deixar claro que o homem em questão não faz parte dos quadros da perícia do Estado, ao contrário do que foi divulgado em alguns veículos de comunicação. Trata-se de um servidor terceirizado do IML. 

?É importante ressaltar que os Peritos sabem a importância do respeito ao meio ambiente, e conhecem todos os procedimentos necessários em local de crime, portanto, esse tipo de comportamento seria inaceitável para a nossa profissão. Esperamos que as informações divulgadas de forma equivocadas sejam corrigidas, para que este ato não manche a imagem de uma categoria de profissionais tão competente e dedicado quanto a dos Peritos Oficiais.

Comentários